Vereadores buscam declarar Beitunia como cidade-irmã de Uruguaiana

por Luana Lobato Raddatz publicado 19/09/2018 11h37, última modificação 19/09/2018 11h37
Tramita na Câmara Municipal projeto de Lei em referência à declaração como cidade-irmã de Uruguaiana, a Cidade de Beitunia, no estado de Ramallah e al-Bireh, Cisjordânia.

         A matéria é subscrita pelos 11 vereadores de Uruguaiana e foi exposta na reunião de terça-feira, dia 18 de setembro de 2018.

          De acordo com a proposta, a declaração conjunta deverá ter por objetivos básicos, entre outros, busca do fortalecimento dos laços de amizade entre os povos; acordos e programas de ação com o fim de fomentar o mais amplo conhecimento recíproco; realização de acordos bilaterais visando a troca de conhecimentos sobre as raízes étnicas, folclóricas e musicais; e busca do incremento do intercâmbio estudantil entre as escolas municipais.

          Os vereadores consideram as pertinentes características semelhantes ou pontos e referências históricas comuns, como bem é o caso de Uruguaiana e Beitunia, tendo em vista a grande comunidade árabe-palestina em Uruguaiana. Beitunia é conhecida por possuir a maior colônia de brasileiros na região, aproximadamente 1500 pessoas