UPA presta esclarecimentos à Câmara

por Luana Lobato Raddatz publicado 11/03/2020 13h01, última modificação 11/03/2020 13h01

        Informações sobre o funcionamento e os repasses financeiros à empresa Silvio Scopel para o gerenciamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foram apresentadas na Câmara Municipal de Uruguaiana dia 10 de março de 2020. Através de requerimento dos vereadores Suzana Alves (PRB), Rafael Alves (MDB) e Vilson Brites (MDB) utilizaram o espaço da tribuna livre representante da empresa, Piraju Nicola, Secretaria Municipal de Saúde, Lilian Stum e fiscal do contrato, Diego Cantori.

       A presença foi solicitada em razão de notícia veiculada sobre apontamentos feitos pelo Tribunal de Contas a respeito do serviço. De acordo com Piraju, o número exposto de 80 funcionários foi estimado em planejamento estrutural realizado antes do início do trabalho da empresa. “Os atos contratuais são cumpridos respeitando as dimensões dos conselhos de classe. Temos o menor custo nacional em relação às UPAs de porte 2. Trabalhamos no limite operacional”, considerou Piraju.

       A Secretária Municipal destacou a importância da Unidade para desafogar o pronto socorro do Hospital Santa Casa de Caridade, a emissão de notificações à empresa quando identificados problemas e o encaminhamento de estudo para realização de processo licitatório para o serviço.

          O contrato nº 85/19 celebrado entre o município e a empresa estabelece o mínimo de 38 profissionais atuando no local. Na ocasião foram expostos dados do atendimento na UPA. Em 2018 foram aproximadamente 63 mil atendimentos; em 2019 foram 64 mil e em 2020 já são 9 mil.