Trabalho do Instituto Inteligente é relatado na Tribuna

por Luana Lobato Raddatz publicado 23/10/2018 13h21, última modificação 23/10/2018 13h21

        As ações e os objetivos do primeiro consultório, a nível nacional, atuante em prevenção, recuperação e reabilitação de dependentes químicos e alcoolistas foram apresentados na Câmara Municipal de Uruguaiana nesta terça-feira, dia 23 de outubro de 2018. A fundadora do Instituto Inteligente, Karina Pessano, utilizou o espaço da tribuna livre por proposição da vereadora Zulma Ancinello (PRB).

         O Programa trabalha com acolhimento primário gratuito, acompanhamento psicológico e médico clínico, atendimento domiciliar, internações voluntárias, involuntárias e compulsórias. No início do mês, o grupo de autoajuda indicado para usuários e familiares completou um ano. As reuniões que motivam o dependente e o familiar a refletir e dividir suas experiências realizam-se todas quintas-feiras, das 19h às 21h, na Galeria Barcelona, sala 14, na Rua Duque de Caxias, 1748.

         A dependência química é considerada um transtorno mental, é uma doença crônica, progressiva e fatal, caracterizada por comportamentos impulsivos e recorrentes de utilização de uma determinada substância para obter a sensação de bem-estar e de prazer, aliviando sensações desconfortáveis como ansiedade, tensões, medos, entre outros.

          “A curiosidade se mata com informação. Falando a mesma língua dos jovens, orientando as consequências e relatando da poção falsa da felicidade que a droga proporciona. 90% dos pacientes que o Instituto Inteligente acolhe começaram a usar maconha, bebidas e cigarros entre 13 e 14 anos”, salientou Karina.

           Os contatos para procurar ajuda são: (55) 99929 6433 ou 3402 1920, e pelo e-mail institutointeligente@gmail.com.