Preço do gás é discutido na Comissão de Direito do Consumidor

         O aumento frequente no valor do gás de cozinha foi debatido em reunião da Comissão de Direitos Humanos, Acessibilidade e Direito do Consumidor. Na quarta-feira, dia 29 de novembro, o assunto esteve na pauta por proposição do vereador Rafael Alves (PMDB) e o encontro foi presidido pela vereadora Zulma Ancinello (PRB), com a presença dos Mano Gás (PSDB), Carlos Delgado (PP) e Eric Lins (DEM). Consumidores e comerciantes do produto puderam manifestar suas preocupações.

            Na oportunidade foi informado que Uruguaiana tem estabelecimentos cujo valor do gás chega a R$90,00, enquanto em cidades próximas, como Quaraí, o preço é R$ 67,00.

         “Minha queixa é a mesma de todas as donas de casa. Pedimos apenas um preço justo, como R$ 70,00”, afirmou Sandra Lima, consumidora, durante a discussão. A administradora do Grupo Muda Uruguaiana, existente no Facebook, Beth Vieira, salientou que o aumento tem sido mensal e citou o problema gerado para pessoas de baixa renda.


       Participou da reunião ainda o presidente da Associação do Direito do Consumidor, João Carlos do Santos Também distribuidores de gás, entre eles Idomar Bellinazo que apontou o alto custo para manutenção do serviço em transporte em razão das péssimas condições das vias do município e o repasse de aumentos da Petrobrás.

         A Comissão definiu a deliberação do assunto através de audiência pública, para buscar alternativas e oportunizar a manifestação de todos.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados