Novas medidas de segurança são sugeridas ao Governo Estadual

A Câmara Municipal de Uruguaiana encaminhará ao Governo do Estado sugestões para atender às necessidades dos uruguaianenses na segurança.

       O vereador Clemente Corrêa é autor de dois requerimentos discutidos e aprovados em plenário nesta terça-feira, dia 21 de novembro, com propostas de melhorias e pedido de providências para área.

     Trata-se de solicitação de estudo de viabilidade para a descentralização do Policiamento Ostensivo da Brigada Militar em Uruguaiana. O pedido será direcionado à Secretaria de Segurança Pública do Estado; ao Comandante Geral da Brigada Militar, ao Comandante Regional de Policiamento Ostensivo da Fronteira Oeste e ao Comandante do 1º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira (1º BPAF).

       Para o vereador é precisa a descentralização de forma tática e permanente com postos avançados, havendo realocação de policiais em áreas com altos índices de violência em especial nas áreas de maior criminalidade e nos bairros com maior número de munícipes. A proposição é conjunta com a vereadora Zulma Ancinello (PRB).

      Também será requisitada análise para estude a viabilidade de Formação de soldados Policiais Militares nas Unidades da Brigada Militar as quais já tenham realizado curso de formação de soldados, como no 1º Batalhão de àrea de Fronteira (1º BPAF). A solicitação será recebida pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria de Segurança Pública do Estado e Comandante Geral da Brigada Militar.

         O parlamentar contextualizou a situação, considerando a abertura de edital para concurso de mais de 4 mil Policiais Militares e a possibilidade de Uruguaiana acolher uma turma de formação do curso de soldados. “Salienta-se que no ano de 1990, a Brigada Militar, formou em Uruguaiana, duas turmas de soldados, sendo que totalizaram mais de 100 formando. E hoje a estrutura física do aquartelamento possui melhores condições que na época”, afirmou Clemente.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados