Câmara conhece investimentos futuros em saneamento

por Luana Lobato Raddatz publicado 19/03/2019 08h55, última modificação 20/03/2019 11h21

       A presidente da Câmara Municipal de Uruguaiana, vereadora Zulma Ancinello, recebeu o diretor da empresa, Herbert Dantas e o presidente da Comissão Municipal de Fiscalização de Obras da Concessionária, Ricardo San Pedro, na segunda-feira, dia 18 de março de 2019, para tratarem dos investimentos previstos para saneamento em Uruguaiana. Na ocasião foi detalhada a aplicação de R$ 50 milhões para melhorias tecnológicas, finalização das redes de esgoto e ampliação da estação de tratamento de esgoto. Os recursos são financiados por meio do Programa do Governo Federal Saneamento para Todos.

       De acordo com a BRK, estima-se que sejam arrecadados aos cofres do município, por meio de impostos como o ISS, pelo menos R$ 1,5 milhão nos próximos meses. Isso porque todos os prestadores de serviços são uruguaianenses. “O saneamento também movimenta a economia. Com fornecedores locais temos um comércio aquecido por meio da contratação de mão de obras e da compra periódica de insumos. Além disso, todo esse investimento é da população de Uruguaiana”, explica Herbert Dantas, diretor da BRK Ambiental em Uruguaiana. Os valores devem ser aplicados no município nos próximos meses e tem potencial para gerar cerca de 500 postos de trabalho diretos e indiretos.

        A vereadora Zulma Ancinello (PRB), destacou que o valor investido é fundamental para a cidade e que o saneamento promove benefícios, sobretudo, para a saúde das pessoas. “Sabemos que os casos de diarreia reduziram de cerca de 3000 em 2012 para 120 em 2018, segundo Secretaria Municipal de Saúde. É um marco histórico para Uruguaiana”, pontua.

      A próxima etapa será a coleta da assinatura do prefeito municipal para a liberação dos recursos pela Caixa Econômica Federal. O presidente da Comissão Municipal de Fiscalização de Obras, Ricardo San Pedro, diz que o financiamento é essencial para que as obras sejam finalizadas no menor tempo possível. “ Ainda essa semana iremos nos reunir com o prefeito Ronnie Mello para a coleta da assinatura do contrato de financiamento e seus aditivos”, relata.

         Uruguaiana se tornou uma referência nacional em saneamento básico. Até 2011 a cidade contava com apenas 9% de tratamento de esgoto. Após sete anos de investimento, o índice alcançou 94%. Ou seja, a cidade entrou no seleto grupo de cidades mais saneadas do Brasil com reflexos diretos na saúde de população. Como citado pela vereadora Zulma Ancinello, os casos de diarreia na cidade em 2018 foram 27 vezes menor do que o número registrado em 2011.

Texto Assessoria BRK (Magali Mota)