Denúncias sobre guarda são rebatidas através de Comissão

A Comissão de Serviços Municipais e Segurança recebeu nesta quarta-feira, dia 16, o secretário Municipal de Segurança, Clemente Corrêa, para prestar informações sobre denúncia recebida pelo Parlamento a respeito da guarda municipal. Os vereadores Marcelo Lemos, Rafael Alves, Ronnie Mello e Jussara Osório apresentaram as situações de possíveis irregularidades encaminhadas pelo servidor Vilson Messa e a autoridade do Poder Executivo expôs os esclarecimentos.

           “Nossos problemas são antigos, noticiados pela imprensa em 2013. Desde o início de nossa gestão estamos buscando melhorias graduais, com grandes conquistas em 11 meses atuando junto aos servidores”, salientou Clemente. Entre os apontamentos em análise pela Comissão esteve a indicação de ilegalidade sobre adequação da guarda ao Estatuto Geral das Guardas Municipais. De acordo com o secretário, o prazo finda em agosto e os encaminhamentos estão sendo realizados para seu cumprimento. Quanto os questionamentos a cerca do Plano de Carreira Único destes servidores foi relatado a instalação de Comissão para sua elaboração, inclusive entre os membros está o denunciante.

            Sobre a validade vencida dos coletes balísticos foi reconhecido o fato e assegurado que a aquisição deverá ser realizada em breve, ponderando os trâmites legais que envolvem as forças armadas. Atualmente são 34 guardas municipais com porte de arma e 16 com processo em tramitação. Sobre a denúncia de insalubridade do abrigo para os profissionais na Usina de Asfalto foi esclarecido que a estrutura será melhorada, entretanto destacado que a guarita é apenas referência por determinado período aos guardas, já que a atividade principal é percorrer o local de abrangência do serviço.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados