Comissões analisam PL que torna obrigatório eliminador de ar na tubulação

por jbarrenecche — publicado 30/05/2019 12h00, última modificação 30/05/2019 12h00
O projeto de lei que dispõe sobre a instalação de equipamento eliminador de ar na tubulação de abastecimento de água no município foi apresentado na reunião desta quinta-feira, dia 30 de maio de 2019.

         A matéria de autoria dos vereadores Rafael Alves (PMDB), Suzana Alves (PRB) e Mano Gás (PSDB) será encaminhado para estudo das Comissões Técnicas da Casa.

       O objetivo é obrigar a empresa concessionária de abastecimento de água e esgoto a instalar, por solicitação do consumidor, o mecanismo de acordo com as normas legais do órgão fiscalizador competente e sem ônus ao usuário.

        Conforme exposto pelos vereadores, há comprovação em pesquisa de presença de ar nas redes de distribuição e consequentemente, o consumidor pode pagar pelo ar até 10% a mais na conta.

       “Buscamos com esta proposta equalizar a relação entre a concessionária e o consumidor, dando aos moradores que dependerem deste serviço, maior certeza de que será cobrado o valor real do seu consumo mensal de água”, esclareceu o vereador Rafael Alves.