Comissão de Direitos do Consumidor recebe denúncia sobre água

por Luana Lobato Raddatz publicado 17/03/2020 13h00, última modificação 17/03/2020 13h20

                Na reunião de segunda-feira, dia 16 de março de 2020, a Comissão de Direitos Humanos, Acessibilidade e Direito do Consumidor recebeu manifestação da Associação de Defesa dos Consumidores de Uruguaiana sobre os problemas no serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário da cidade.

            O presidente da Associação, João Carlos dos Santos, relatou problemas no produto entregue, no cumprimento de contrato e na tramitação de novo aditivo contratual que deve lesar ainda mais os usuários. Estiveram presentes a presidente da Comissão, vereadora Josefina Soares, Clemente Corrêa, Zulma Ancinello, Mano Gás, Suzana Alves e Elton da Rocha.

             Na oportunidade foi destacada a eminência do novo aditivo no contrato, considerando mais prazo para obras não cumpridas de esgotamento. Também afirmou que multas que somaram 30 milhões de reais não serão pagas. De acordo com o exposto, valor irrisório foi negociado em troca de pavimentação das ruas.

            “A minuta do contrato é assustadora. Fora as condições da água que se apresentam impróprias para consumo”, salientou Santos. Os parlamentares relataram as diversas ações já realizadas de competência do Legislativo e foi determinado pela presidente maior acompanhamento e cobrança do fator destacado junto à reguladora.