CCJ analisa contratação para Colégio Agrícola

por Luana Lobato Raddatz publicado 03/06/2019 11h45, última modificação 03/06/2019 11h45
Nesta segunda-feira, dia 3 de maio de 2019, foi distribuído para relatoria na Comissão de Justiça e Redação o Projeto de Lei que dispõe sobre contratação de Instrutores para o Colégio Agrícola Dr. Luiz Martins Bastos.

         A matéria de autoria do Poder Executivo trata da autorização para contratos temporários de cinco engenheiros agrônomos, quatro médicos veterinários, um zootecnista e um profissional de informática.

          O contrato dos atuais instrutores vence no final do primeiro semestre de 2019, sem possibilidade legal de prorrogação, situação que inviabilizaria o funcionamento regular das atividades curriculares do Colégio Agrícola. A instituição conta com 304 alunos regularmente matriculados, distribuídos em turmas nos turnos manhã e noite, visando atender a demanda por essa formação, pós-médio, muito próprio para atuação nas atividades agropecuárias, do Município de Uruguaiana e da região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.