Adesão à Política Nacional de Prevenção ao Suicídio é indicada

por jbarrenecche — publicado 06/08/2019 12h55, última modificação 06/08/2019 12h53
A Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio, instituída pela Lei 13.819 em abril de 2019, deve ser uma estratégia permanente do poder público para a prevenção desses eventos e para o tratamento dos condicionantes a eles associados.

      Nesse sentido, a Câmara Municipal de Uruguaiana aprovou nesta terça-feira, dia 6 de agosto de 2109, indicação de autoria da vereadora Neraí Kaufmann (PSDB) para que o Poder Executivo estude a viabilidade de adesão à Política.

     A norma estabelece um pacote de medidas para de prevenção aos casos como manutenção de serviço telefônico para recebimento de ligações, destinado ao atendimento gratuito e sigiloso de pessoas em sofrimento psíquico. A parlamentar ainda sugere a implantação de centro de referência, de acolhimento ou aconselhamento com garantia de acesso à atenção psicossocial das pessoas em sofrimento psíquico, agudo ou crônico.

     “É necessário um espaço onde não se encontre só a medicação, mas principalmente o abraço, amor, apoio e valorização pessoal”, considerou Neraí ao destacar o número crescente e alarmante de pessoas necessitando apoio de equipe para tratamento psíquico.