Ação de enfrentamento a violência sexual é realizada

       Nesta semana acontece mais uma etapa do Projeto Proteção nas Fronteiras, que visa capacitar e qualificar profissionais para a prevenção e enfrentamento a violência sexual contra crianças e adolescentes. A parceria entre Instituto Aliança e Prefeitura promove ciclo de palestras e ações sobre o assunto, com apoio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e do Conselho Nacional do Direito da Criança e do Adolescente.

        Na atividade realizada na Secretaria Municipal de Ação Social e Habitação nesta terça-feira, dia 5 de novembro de 2019, a Câmara Municipal de Uruguaiana esteve representada pela presidente, vereadora Zulma Ancinello. “A violência sexual deixa marcas muito profundas nas crianças e adolescentes, que muitas vezes são escondidas pelo medo. É um dever de todos denunciar”, salienta Zulma. 

          Na próxima quinta-feira o espaço da tribuna livre será disponibilizado ao tema. 

          Uruguaiana foi um dos cinco municípios de fronteira escolhido pelo Instituto Aliança no País para sediar o ciclo. Entre as ações está a distribuição da Cartilha Educativa com apresentação e sistematização de contexto e conceitos; da legislação referente a proteção integral de crianças e adolescente; da rede de proteção e de fluxos e procedimentos.

        A denúncia pode ser anônima e deve ser feita diretamente pelo Disque 100 ou ao Conselho Tutelar. Outras instâncias podem e devem ser acionadas: unidades de saúde, escolas, polícias militar, civil ou rodoviária, Ministério Público, juizado da infância e da juventude.

          DISQUE 100 é um serviço de atendimento telefônico gratuito para receber demandas relativas a violações de Direitos Humanos, que funciona 24 horas todos os dias da semana e atende todo território nacional.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados