Taxa de lixo é assunto da tribuna livre

             O espaço da tribuna livre desta quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2018, foi utilizado pela Associação de Defesa dos Direitos do Microempresário e Microempreendedor Individual (ADDMMEI), representada pelo presidente Antônio João Celino Hemann. O objetivo da ação foi dar conhecimento aos vereadores sobre cobrança irregular de taxa de lixo e apresentar sugestão de solução.

                   Conforme o exposto, não há embasamento legal para a continuidade da cobrança da taxa de lixo. Ao contextualizar o histórico da cobrança e sua fundamentação, Hemann destacou que os valores são desproporcionais, causando transtornos financeiros principalmente aos pequenos empresários devido a carga tributária.

                     “Essa cobrança é desrespeitosa e inconstitucional, sugerimos a suspensão do recolhimento da taxa”, afirmou o presidente da ADDMMEI.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.