Número da violência e luta pelos direitos das Mulheres em destaque na tribuna

            O Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, representado pela presidente Mônica Medeiros, utilizou o espaço da tribuna livre da Câmara Municipal nesta quinta-feira, dia 7 de março de 2019. Na data que antecede o Dia Internacional da Mulher, foram expostas as estatísticas de violência contra mulher e lembradas as conquistas por melhores condições de vida, políticas, econômicas e culturais das melhores ao longo da história.

              “Temos casos brutais em Uruguaiana e no país. São 1800 casos de violência doméstica por hora e a cada 2 segundos uma mulher é vítima no país”, relatou Mônica. Em Uruguaiana, de acordo com dados da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher de junho de 2017 a maio de 2018 foram registrados foram 389 ameaças, 298 lesões corporais, 12 estupros, cinco feminicídios tentados e dois feminicídios consumados.

              De junho de 2018 até janeiro de 2019, já foram 271 ameaças registradas, 165 lesões corporais, sete estupros e um feminicídio tentado. Na ocasião os abusos ou violação das mulheres com deficiência foram ressaltados. Conforme a presidente do COMDIMU, proporcionalmente, mulheres PCDs tem duas vezes mais chances de ser violentadas que as sem deficiência. As surdas têm 5 vezes mais chances e as com deficiência mental de 8 a 9 vezes mais.

         “O Dia Internacional da Mulher vem fazer o alerta para equidade de oportunidades, justiça social e sobre nosso compromisso de lutar contra um dos maiores desafios do nosso tempo que é a desigualdade e a interseccionalidade”, considerou Mônica. No momento foi entregue à presidente da Câmara Municipal, vereadora Zulma Ancinello, Carta de Repúdio do Conselho a todo e qualquer ato de violência praticado contra as mulheres e convidou todos a participarem da “Marcha em Defesa dos Direitos e Vida da Mulher” que acontece amanhã, às 11h, com saída em frente a Biblioteca Pública Municipal.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.